"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Mulheres tentam entrar com drogas na região genital em visita à penitenciária em Taubaté e são presas em flagrante

Advertisement

Mulheres tentam entrar com drogas na região genital em visita à penitenciária em Taubaté e são presas em flagrante. Os dois casos aconteceram na manhã deste domingo (02/04), pelo CDP (Centro de Detenção Provisória) de Taubaté, localizado à Avenida Amador Bueno da Veiga. As mulheres tiveram as substâncias detectadas na região da vagina pelo scanner corporal. Uma delas admitiu que levava a droga no interior do corpo, mas a outra precisou de exames mais detalhados, que identificaram o entorpecente.

O primeiro caso aconteceu por volta de 08h50, quando uma mulher, de 34 anos, passou pelo scanner e os agentes de segurança notaram que um objeto estranho aparentava estar introduzido na região da vagina. Ela, então, foi levada à sala separada para revista pessoal e questionada a respeito dos fatos, a mesma retirou do local um embrulho plástico preto contendo substância vegetal assemelhada à maconha, com peso de 163 gramas. A mulher recebeu voz de prisão em flagrante e a filha dela, menor, que a acompanhava foi entregue à avó paterna. A indiciada permanece na cadeia de Taubaté, onde vai passar por audiência de custódia nesta segunda-feira.

A segunda ocorrência foi registrada por volta de 09h30, quando a mãe de um detento tentou entrar na cadeia com objeto identificado na região genital pelo scanner corporal. A mulher, de 36 anos, se negou a entregar a substância aos agentes de segurança durante a revista e disse não estar carregando nada ilícito. Diante dos fatos, a autoridade policial foi cientificada da ocorrência e solicitou ao juiz que fazia a audiência de custódia, o pedido de mandado de busca pessoal e autorização judicial para levar a indiciada ao hospital a fim de que fossem realizados exames para a constatação ou não do entorpecente.

Ela foi levada para o hospital universitário, e o médico retirou da vagina um invólucro de mais ou menos 200 gramas, entregando-o aos agentes penitenciários. Na ocasião, a mãe do detento recebeu voz de prisão em flagrante. O invólucro foi encaminhado para o IC (Instituto de Criminalística) e lá foi constatado ser maconha. A mulher permaneceu presa e vai passar por audiência de custódia nesta segunda.

Jacareí Expo Agro 2023 confirma 09 shows

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre na nossa comunidade. 

ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS DE TAUBATÉ. É GRÁTIS!

SIGA NOSSO INSTAGRAM

Leia mais