VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Serra Antiga da Tamoios segue interditada por causa das chuvas. Como é a operação comboio na Serra Nova?

Advertisement

Serra Antiga da Tamoios segue interditada por causa das chuvas. Ida e volta do Litoral são feitos pela Serra Nova. A interdição foi realizada por volta de 01h30, desta quinta-feira (07/03), e não há previsão de liberação total deste trecho da rodovia, normalmente, usado para a descida até o Litoral Norte. Sempre quando chove mais de 100 milímetros na serra antiga, no período de 72h, ocorre a interdição por medida de segurança, uma vez que podem cair barreiras e haver quedas de rochas. Nesta sexta-feira ainda não há previsão de liberação da rodovia, uma vez que chove no local. CLIQUE AQUI E ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

Esta é a quarta interdição da rodovia no local em 2024 e toda vez que ocorre o fechamento da Serra Antiga, a Concessionária Tamoios implanta a operação comboio na Serra Nova da rodovia. Desta forma, os impactos para quem precisa ir ou deixar o Litoral Norte são minimizados. Neste caso, apesar dos esforços da concessionária, os motoristas precisam ter paciência para percorrer o trecho, uma vez que o deslocamento e espera podem ser superiores a duas horas.

Como é a operação comboio na Serra Nova?

Operação Comboio na Serra Nova da Tamoios é uma estratégia implementada para facilitar o fluxo de tráfego nos dois sentidos da rodovia.

  1. Fluxo de Tráfego e Controle: A operação é conduzida pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) em conjunto com a Concessionária Tamoios. O tráfego na serra é controlado através de um sistema de Pare & Siga, alternando entre o sentido litoral e São José dos Campos.
  2. Formato dos Comboios: Existem dois tipos de comboios, dependendo do sentido do tráfego:
    • Sentido São José dos Campos: Todos os veículos sobem juntos em um único comboio.
    • Sentido Litoral: Os comboios são realizados separadamente por categoria de veículo:
      • Primeiro, os veículos de passeio são agrupados em um comboio.
      • Em seguida, os veículos de carga são agrupados em outro comboio.
      • Por último, os veículos que transportam produtos perigosos formam seu próprio comboio.
  3. Variação no Formato dos Comboios: É importante observar que o formato descrito acima pode variar dependendo das condições específicas da rodovia e do tráfego.
  4. Duração Estimada: Cada comboio tem uma duração estimada de 1 hora e 30 minutos, proporcionando tempo suficiente para percorrer a serra de maneira segura e organizada.
  5. Equipes de Sinalização: Equipes de sinalização estão estrategicamente posicionadas para orientar os motoristas durante a operação. No trecho de planalto, as equipes estão localizadas no km 64 no sentido litoral. No trecho urbano de Caraguatatuba, elas estão próximas ao acesso para a Serra Nova, no sentido São José dos Campos.

Entenda por que a Serra Antiga é fechada

A Serra Antiga da Rodovia dos Tamoios é fechada, porque a região é geograficamente sensível às chuvas intensas devido a várias razões:

  1. Topografia íngreme: A Serra Antiga da Rodovia dos Tamoios possui uma topografia montanhosa e íngreme, o que facilita o escoamento da água das chuvas em direção às estradas. As chuvas intensas podem levar à formação de enxurradas e deslizamentos de terra, tornando as estradas perigosas e, em alguns casos, intransitáveis.
  2. Erosão do solo: As chuvas intensas podem causar a erosão do solo nas encostas das montanhas, tornando o terreno instável. Isso aumenta o risco de deslizamentos de terra, que podem bloquear a rodovia e representar perigo para os motoristas.
  3. Instabilidade geológica: A região da Serra dos Tamoios é conhecida por sua instabilidade geológica devido à composição geológica das montanhas. Isso torna a região propensa a deslizamentos de terra e deslizamentos de rochas durante períodos de chuvas intensas.

O trecho da rodovia é fechado quando o volume de chuvas atinge 100 milímetros no período de 72 horas. Isso garante a segurança dos motorista e evita acidentes e danos às pessoas e veículos. A manutenção adequada das estradas, a implementação de sistemas de drenagem eficazes e o monitoramento constante das condições meteorológicas são medidas importantes para mitigar os problemas relacionados às chuvas intensas nessa região.

*Foto de Capa: Concessionária Tamoios

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.
Advertisement