VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Autor de feminicídio em Caçapava diz que vítima usou drogas antes de tentar agredi-lo e ser morta

Advertisement

Autor de feminicídio em Caçapava diz que vítima usou drogas antes de tentar agredi-lo e ser morta. A versão consta de depoimento dado ao delgado de plantão na delegacia da cidade, na noite desta terça-feira (12/09). O homem, de 54 anos, matou a jovem Adrielly Perrogon Feliciano, de 19, a pauladas depois de uma intensa discussão por causa de dinheiro, que teria sido pedido por ela aos irmãos.

“Na data de ontem (11), Adrielly foi para sua casa e passou a madrugada inteira consumindo cocaína, sendo que, hoje (12) na parte da manhã a mesma ficou muito alterada e começou a pedir dinheiro para seus dois irmãos, sendo que (o autor), não concordou com tal fato, e se iniciou uma discussão entre ambos”, diz trecho do boletim de ocorrência.

O autor conta que durante a discussão a jovem pegou um cabo de picareta e tentou lhe agredir. Mesmo tendo dificuldades para andar em razão de um acidente de moto e sendo cego de um olho, ele conseguiu retirar o pedaço de pau da mão dela e desferiu um golpe na cabeça da vítima.

O que aconteceu depois do crime?

Depois do crime, o homem conta que foi a um bar e começou a ingerir bebida alcóolica, uma vez que não sabia o que fazer. Ele estava esperando a filha sair do trabalho para contar o ocorrido. A filha tomou ciência dos fatos após telefonema dele e o orientou a se entregar para a polícia.

Quando deixou o bar, o homem foi abordado por policiais militares, que já o procuravam pela Avenida Subtenente Luiz Gonzaga de Toledo (Rua do Porto). Na ocasião, ele confessou o crime aos PMs e disse estar arrependido do crime.

Relacionamento do casal

O autor relatou que há aproximadamente quatro anos retirou a vítima das ruas da cidade, quando ela tinha 15 anos. A partir deste momento, ela teria passado a ajudar o autor no cuidado com os netos, porém não residia diretamente com ela, uma vez que Adrielly, segundo ele tinha uma namorada.

O autor, no entanto, relata que ambos tinham um relacionamento amoroso e que às vezes a vítima ficava na casa dele e que o relacionamento era harmônico e nunca tiveram problemas, pois aceitava Adrielly ter uma namorada.

O homem vai passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (13) e pode ter a prisão preventiva decretada pelo juiz.

Autor de feminicídio em Caçapava disse aos policiais que vivia com a vítima desde que ela tinha 15 anos

Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.