VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Capitão do BAEP agride mulheres em festa em São José dos Campos, diz portal

Capitão do BAEP agride mulheres em festa em São José dos Campos, diz portal. A ocorrência foi registrada no baile do Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar, que aconteceu no sábado (03/09), na ADC Embraer.

O portal Meon detalhou a ação do oficial, que teria ido ao local, depois de ser buscado pela esposa, de 36 anos. A mulher acusava a vítima de ter furado a fila. De acordo com a publicação,  testemunhas relataram que na chegada à fila o capitão começou a golpear a vítima, de 32 anos, que caiu desacordada.

Entre no Grupo geral de notícias no nosso Whatsapp

Entre no Grupo de Whatsapp em São José dos Campos do Vale 360 News

Uma outra mulher, de 33 anos, que tentou separar a agressão, levou um soco na face, segundo o Portal Meon. Ela foi socorrida ao Hospital. A primeira vítima foi socorrida pelas pessoas que estavam na festa.

O agressor deixou o local, quando ficou sabendo que as viaturas da Polícia Militar seriam acionadas. As vítimas fizeram boletim de ocorrência na Delegacia de São Sebastião.

Outro lado

O Vale 360 News já pediu uma posição ao departamento de imprensa da Polícia Militar e ainda não teve resposta.

Para o Portal Meon, A Polícia Militar informou que foi instaurada uma Investigação Preliminar e que todas as circunstâncias relativas aos fatos serão apuradas.

Já a SSP (Secretaria de Segurança Pública), se posicionou e disse que o caso foi registrado como lesão corporal e foram solicitados exames junto ao IML (Instituto Médico Legal). Veja a nora da SSP

O caso foi registrado como lesão corporal na Delegacia Seccional de São Sebastião. As vítimas, de 32 e 33 anos, prestaram depoimento na delegacia e relataram que estavam em uma festa, quando tiveram uma discussão com a esposa do suspeito, de 36, momento em que elas teriam sido agredidas por ele. Foram solicitados exames junto ao IML (Instituto Médico Legal) e as vítimas foram orientadas quanto ao prazo para representar criminalmente contra o autor, por se tratar de crime de ação penal condicionada.

Capitao-do-baep
Foto: Divulgação

Leia mais

Advertisement