"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Podcast: Entrevista com Wagner Balieiro: Pré-candidato do PT à Prefeitura de São José dos Campos

Advertisement

Wagner Balieiro foi entrevista do Vale 360 News Cast, nesta segunda-feira (08/07). Ele é pré-candidato do PT à Prefeitura de São José dos Campos. No Podcast do Vale 360 News, ele iniciou a conversa relembrando sua extensa trajetória política, enfatizando a importância das próximas eleições para a cidade de São José dos Campos. Ele destacou que qualquer novo prefeito deve ter a obrigação de ser melhor que o anterior, pois já conhece os problemas que a cidade enfrenta. “Nós precisamos trabalhar pensando no que podemos fazer de melhor para São José dos Campos”, afirmou.

Ao longo de seus quatro mandatos como vereador, Wagner acumulou experiência e conhecimento sobre as necessidades e desafios da cidade. Ele também mencionou sua candidatura a prefeito em 2020 e a deputado federal em 2022, destacando o aprendizado adquirido nessas campanhas. “Cada eleição é uma oportunidade de ouvir a população e entender suas demandas”, disse.

Wagner ressaltou que sua candidatura não é apenas uma continuação de sua carreira política, mas uma verdadeira oportunidade de trazer mudanças significativas para São José dos Campos. “Eu acredito que conhecendo os problemas da cidade e com a capacidade de governar, podemos melhorar a vida da população e fazer uma administração melhor que a atual”, concluiu.

Parcerias Políticas e Desafios

Wagner destacou a importância das alianças políticas em sua pré-candidatura, que envolve partidos como PT, PCdoB, PV, PSOL e Rede. Ele mencionou o desafio de superar a barreira política existente em relação ao presidente Lula, especialmente em uma cidade que majoritariamente votou na direita nas últimas eleições presidenciais. “A política é dinâmica e precisamos conversar com a cidade baseada nas propostas e na capacidade de resolver os problemas”, disse.

Para Wagner, o primeiro passo é mobilizar os eleitores que apoiaram Lula nas últimas eleições. Ele enfatizou a importância de mostrar que sua candidatura representa a continuidade dos ideais de mudança e transformação promovidos pelo governo federal. “Nós vamos trabalhar para que São José dos Campos seja parceira do governo federal, trazendo investimentos e melhorias para nossa cidade”, afirmou.

Ele também ressaltou a necessidade de superar preconceitos partidários e focar na experiência e nas propostas dos pré-candidatos. “Eu fico muito preocupado quando a discussão se baseia apenas na cor partidária ou em quem o candidato anda, ao invés de avaliar a dedicação e a capacidade de cada um para resolver os problemas da cidade”, comentou Wagner.

Carlinhos Almeida e Seu Papel na Campanha

Durante a entrevista, Wagner Balieiro destacou a significativa contribuição de Carlinhos Almeida, ex-prefeito de São José dos Campos, em sua pré-campanha. Carlinhos, atualmente presidente do PT na cidade, tem desempenhado um papel fundamental na articulação das candidaturas a vereador e na construção das estratégias eleitorais. “Carlinhos é um parceirão na nossa caminhada, colaborando intensamente na organização e estruturação da nossa pré-campanha”, afirmou Wagner.

Wagner mencionou que, apesar de Carlinhos Almeida não ser candidato nesta eleição, sua experiência e conhecimento político são inestimáveis para a equipe. Ele enfatizou que Carlinhos poderia, se quisesse, concorrer a um cargo eletivo, mas escolheu focar em fortalecer a campanha de Wagner e ajudar na construção de um plano de governo robusto e eficaz. “Carlinhos poderia ser candidato a vereador ou prefeito, mas ele optou por se dedicar à nossa campanha, trazendo sua vasta experiência para ajudar na formulação de propostas que realmente atendam às necessidades da cidade”, disse Wagner.

Além disso, Wagner ressaltou que a colaboração de Carlinhos Almeida tem sido essencial para estabelecer um diálogo aberto com diversas lideranças e segmentos da sociedade. A experiência de Carlinhos como prefeito, quando implementou importantes projetos de habitação e infraestrutura, é um diferencial que enriquece a campanha de Wagner. “Ter Carlinhos ao nosso lado é uma grande vantagem. Ele conhece profundamente a cidade e sabe como implementar políticas públicas eficazes. Juntos, estamos trabalhando para apresentar as melhores soluções para São José dos Campos”, concluiu Wagner.

Carlinhos Almeida, durante sua gestão como prefeito, foi responsável por iniciativas significativas, como a construção de mais de 5.000 unidades habitacionais pelo programa Minha Casa Minha Vida e a implementação de projetos de urbanização em áreas vulneráveis. Sua administração também foi marcada por investimentos em saúde, educação e infraestrutura, sempre com foco na inclusão social e no desenvolvimento sustentável. “A trajetória de Carlinhos é um exemplo de compromisso com a melhoria da qualidade de vida da população. Suas realizações são um testemunho de sua dedicação e competência”, afirmou Wagner.

Preocupação com Fake News

Durante a entrevista, Wagner Balieiro expressou uma profunda preocupação com a disseminação de fake news, especialmente durante o período eleitoral. Ele destacou que a proliferação de notícias falsas é um problema sério que pode prejudicar a integridade do processo democrático e influenciar negativamente a opinião pública. “As fake news não apenas distorcem a verdade, mas também podem destruir reputações e influenciar de forma injusta o resultado das eleições”, afirmou.

Wagner mencionou que a justiça eleitoral ainda não definiu mecanismos eficazes para controlar a disseminação de informações falsas nas redes sociais e em aplicativos de mensagens. Ele destacou que as fake news circulam rapidamente e podem causar danos significativos antes que qualquer medida corretiva possa ser tomada. “É preocupante ver como uma notícia falsa pode se espalhar rapidamente e causar um impacto negativo antes que a verdade seja restabelecida”, disse Wagner.

Para combater esse problema, Wagner sugeriu que os eleitores procurem informações em fontes confiáveis e verifiquem a veracidade das notícias antes de compartilhá-las. Ele também enfatizou a importância de denunciar conteúdos falsos às autoridades competentes e às plataformas de redes sociais. “Precisamos estar vigilantes e responsáveis na forma como consumimos e compartilhamos informações. A verdade deve prevalecer para que tenhamos uma eleição justa e transparente”, concluiu.

Wagner ressaltou a importância de programas sérios e veículos de comunicação comprometidos com a verdade, como o Vale 360 News Cast, para manter a população bem informada. “Programas como este são fundamentais para garantir que a verdade seja ouvida e para combater a desinformação. Eu encorajo todos a seguirem fontes confiáveis e a questionarem as informações antes de aceitá-las como verdadeiras”, afirmou.

Ele também mencionou que, em caso de difamação ou disseminação de notícias falsas, não hesitará em recorrer à justiça para proteger sua reputação e a integridade de sua campanha. “Já tive que lidar com fake news no passado e sempre ganhei na justiça, mas o dano já estava feito. Precisamos de um sistema mais ágil e eficaz para lidar com essas situações”, disse Wagner.

Propostas de Governo

Transporte Público

Um dos principais pontos abordados por Wagner foi a questão do transporte público. Ele criticou a atual administração por não ter realizado a licitação necessária desde 2020 e destacou a importância de modernizar o sistema de transporte coletivo na cidade. “Nós estamos em 2024 e os ônibus já perderam o prazo de validade. Precisamos de uma nova empresa de transporte coletivo que melhore a situação”, afirmou.

Wagner propôs a implantação da tarifa zero, mencionando exemplos de sucesso em outras cidades brasileiras. Ele explicou que o custo atual do aluguel de ônibus elétricos poderia ser redirecionado para financiar a tarifa zero, beneficiando toda a população. “O mesmo valor que a atual administração quer gastar com aluguel de ônibus pode ser usado para implementar a tarifa zero”, disse.

Para Wagner, o transporte coletivo é uma política pública essencial que deve ser tratada como um direito do cidadão. Ele destacou que a tarifa zero não só beneficiaria diretamente os usuários, mas também fortaleceria a economia local ao permitir que os recursos fossem reinvestidos na cidade. “Transporte público de qualidade é fundamental para o desenvolvimento de São José dos Campos”, concluiu.

Educação e Escola Cívico-Militar

Wagner Balieiro apresentou uma visão clara e detalhada sobre suas propostas para a educação em São José dos Campos, destacando a necessidade de uma abordagem inclusiva e abrangente. Ele criticou a ideia de implantar escolas cívico-militares, argumentando que esse modelo não é a solução para os desafios educacionais da cidade. “Eu sou radicalmente contra a escola cívico-militar. Esse modelo é caro, cria uma elite dentro da educação pública e não resolve os problemas estruturais do nosso sistema de ensino”, afirmou Wagner.

Para Wagner, a prioridade deve ser a melhoria da qualidade da educação em todas as unidades escolares, garantindo igualdade de oportunidades para todos os estudantes. Ele propôs a valorização dos professores, a construção de creches de período integral e a diminuição do número de alunos por sala de aula. “Menos alunos por sala significa mais atenção individual para cada estudante e melhores condições de trabalho para os professores. Isso é fundamental para garantir uma educação de qualidade”, explicou.

Wagner destacou que os recursos destinados à educação devem ser utilizados de maneira eficiente e equitativa, beneficiando todas as escolas e não apenas uma unidade específica. Ele enfatizou a importância de utilizar a verba adicional do Fundeb para investir na formação e capacitação dos professores, especialmente aqueles que trabalham com alunos com necessidades especiais. “Precisamos garantir que nossos professores estejam bem preparados para atender a diversidade dos alunos em sala de aula. Isso inclui a formação continuada e especializada, particularmente para trabalhar com alunos autistas e com outras deficiências”, disse Wagner.

Ele mencionou a necessidade de um debate amplo e participativo com a comunidade escolar para definir as prioridades de investimento na educação. “A educação de qualidade se constrói com a participação de todos: professores, pais, alunos e a comunidade. Vamos ouvir e dialogar com todos os envolvidos para construir um sistema educacional mais justo e eficaz”, afirmou Wagner.

Wagner também propôs a implementação de programas de educação integral, ampliando o acesso dos estudantes a atividades extracurriculares, como esportes, artes e tecnologia. Ele destacou que essas atividades são essenciais para o desenvolvimento integral dos alunos, proporcionando um ambiente de aprendizagem mais enriquecedor. “A educação integral é uma das melhores formas de preparar nossos jovens para o futuro, oferecendo um currículo diversificado e oportunidades para o desenvolvimento de habilidades além das disciplinas tradicionais”, explicou.

Além disso, Wagner abordou a importância de promover a inclusão digital nas escolas, garantindo que todos os alunos tenham acesso às tecnologias de informação e comunicação. Ele propôs a modernização das infraestruturas escolares, com a instalação de laboratórios de informática e acesso à internet de alta velocidade. “A inclusão digital é fundamental para preparar nossos alunos para as demandas do século XXI. Precisamos garantir que todas as escolas estejam equipadas com as ferramentas necessárias para oferecer uma educação de qualidade”, concluiu.

Wagner Balieiro reiterou sua oposição à implantação de escolas cívico-militares, argumentando que o foco deve estar na melhoria das condições de todas as unidades escolares e na promoção de uma educação inclusiva e de qualidade para todos. “Não podemos criar uma escola de elite dentro do sistema público, deixando as demais escolas sem os recursos necessários. A nossa prioridade é garantir uma educação de qualidade para todos os alunos de São José dos Campos, sem distinção”, afirmou.

Saúde

Wagner Balieiro destacou a saúde pública como uma das prioridades de sua campanha à prefeitura de São José dos Campos, propondo melhorias no atendimento de especialistas e cirurgias simples, além de promover ações de prevenção e saúde nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Ele criticou a longa espera por consultas e procedimentos médicos, sugerindo mutirões de saúde e maior transparência na gestão para reduzir filas e garantir que a população tenha acesso a serviços de qualidade. “A saúde é um direito fundamental e precisamos garantir que todos tenham acesso a serviços de qualidade”, afirmou Wagner.

Além disso, Wagner enfatizou a importância de fortalecer a atenção básica, garantir o funcionamento adequado das UBSs e ampliar seu horário de atendimento. Ele propôs a criação de programas de educação alimentar e incentivo à prática de atividades físicas, utilizando as UBSs como centros de promoção da saúde para prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida da população. “Investir em prevenção é uma forma eficaz de melhorar a saúde pública e reduzir custos a longo prazo”, disse Wagner.

Wagner também destacou a necessidade de capacitar e valorizar os profissionais de saúde, oferecendo formação continuada e melhores condições de trabalho. Ele enfatizou a ampliação dos serviços de saúde mental, fortalecendo os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e criando novas unidades conforme necessário. “Os profissionais de saúde são o coração do sistema. Precisamos investir em sua formação e valorização para garantir um atendimento de qualidade”, concluiu Wagner.

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Wagner também abordou a questão ambiental, criticando a falta de ações da atual administração na redução de riscos e na criação de parques. Ele mencionou a importância de plantar mais árvores para diminuir a temperatura da cidade e implementar planos de arborização e macrodrenagem que já estão disponíveis, mas não foram executados. “A nossa cidade precisa urgentemente de ações concretas na área ambiental para garantir um futuro sustentável”, afirmou.

Durante a entrevista, Wagner destacou que São José dos Campos tem diversos planos ambientais que não foram colocados em prática pela atual administração. Ele mencionou estudos detalhados sobre áreas de risco e obras necessárias que estão parados desde 2016. “Temos planos com tudo mapeado, mas nenhuma obra foi realizada para resolver esses problemas”, disse Wagner.

Ele reforçou seu compromisso com a sustentabilidade e a preservação ambiental, afirmando que sua administração daria prioridade a essas questões. “Vamos criar novos parques, reduzir a produção de lixo e preparar a cidade para eventos climáticos extremos, sempre com o apoio da população”, prometeu Wagner, destacando a importância de uma gestão ambientalmente responsável.

Habitação e Áreas de Risco

Sobre a questão habitacional, Wagner destacou a necessidade de regularizar áreas de risco e construir mais habitações através do programa Minha Casa Minha Vida. Ele também falou sobre a situação do Banhado, propondo a urbanização da área e a criação do Parque do Banhado, conciliando a preservação ambiental com a regularização das moradias existentes. “Nossa proposta é trabalhar junto com a população para regularizar e urbanizar essas áreas, garantindo segurança e qualidade de vida”, afirmou.

Wagner mencionou que a maioria das áreas de risco pode ser regularizada através de obras de infraestrutura, como drenagem e construção de muros de contenção. Ele criticou a atual administração por não ter realizado nenhuma dessas obras, apesar dos planos existentes. “Nós vamos realizar as obras necessárias para eliminar os riscos e melhorar a vida das pessoas que moram nessas áreas”, disse.

Ele também destacou a importância de ampliar o programa Minha Casa Minha Vida para oferecer mais habitações populares e reduzir o preço dos aluguéis na cidade. “Vamos trabalhar em parceria com o governo federal para construir mais casas e garantir moradia digna para todos”, concluiu Wagner, enfatizando a necessidade de políticas habitacionais inclusivas e eficazes.

Segurança e Tráfico de Drogas

Wagner defendeu uma abordagem integrada para combater o tráfico de drogas, envolvendo tanto a atuação policial quanto programas sociais para recuperação de dependentes químicos. Ele enfatizou a importância de oferecer oportunidades para a juventude e promover programas de primeiro emprego em parceria com instituições locais. “Precisamos criar alternativas para nossos jovens, oferecendo educação e emprego para afastá-los do crime”, afirmou.

Ele destacou que o problema do tráfico de drogas não está restrito a uma área específica da cidade e deve ser enfrentado com políticas abrangentes de segurança pública e assistência social. “O tráfico de drogas existe em bairros ricos e pobres. Precisamos de uma abordagem equilibrada que envolva a polícia, a investigação e programas de recuperação”, disse Wagner.

Para Wagner, a prefeitura deve ser parceira na criação de programas de primeiro emprego e ensino profissionalizante, além de fortalecer os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) para atender pessoas em situação de dependência. “Vamos trabalhar com instituições como o Senai e o Sesi para oferecer oportunidades reais para nossos jovens e combater a raiz do problema do tráfico”, concluiu.

Tecnologia e Inovação

Wagner destacou a importância de investir em tecnologia e inovação para impulsionar o desenvolvimento econômico de São José dos Campos. Ele mencionou que a cidade, conhecida por sua indústria aeronáutica e tecnológica, tem um grande potencial para se tornar um polo de inovação no Brasil. “São José dos Campos tem uma vocação natural para a tecnologia e a inovação. Precisamos aproveitar esse potencial ao máximo”, afirmou.

Uma das propostas de Wagner é a criação de um parque tecnológico, que reúna empresas, universidades e centros de pesquisa em um mesmo espaço, facilitando a troca de conhecimento e a inovação. Ele destacou que essa iniciativa pode atrair investimentos e gerar empregos de alta qualidade na cidade. “O parque tecnológico será um ambiente propício para o desenvolvimento de novas tecnologias e a criação de startups”, disse.

Além disso, Wagner mencionou a importância de promover a inclusão digital e garantir que todos os cidadãos tenham acesso às tecnologias de informação e comunicação. Ele propôs a criação de programas de capacitação em tecnologia para jovens e adultos, preparando-os para as demandas do mercado de trabalho. “A inclusão digital é fundamental para garantir igualdade de oportunidades e promover o desenvolvimento econômico e social”, concluiu.

Cultura e Lazer

Wagner destacou a importância da cultura e do lazer para a qualidade de vida da população de São José dos Campos. Ele criticou a falta de investimentos da atual administração nessas áreas e propôs a criação de novos espaços culturais e a revitalização dos existentes. “A cultura e o lazer são essenciais para o bem-estar da população e o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e inclusiva”, afirmou.

Uma das propostas de Wagner é a criação de um calendário cultural permanente, que promova eventos e atividades culturais ao longo de todo o ano. Ele destacou a importância de apoiar artistas locais e valorizar a cultura regional. “Vamos trabalhar para que São José dos Campos se torne um polo cultural, oferecendo uma programação diversificada e de qualidade para todos”, disse.

Além disso, Wagner mencionou a necessidade de investir em infraestrutura de lazer, como parques, praças e centros esportivos. Ele propôs a criação de mais espaços públicos para atividades ao ar livre, proporcionando opções de lazer e promovendo a saúde e o bem-estar da população. “Vamos transformar São José dos Campos em uma cidade onde todos possam desfrutar de momentos de lazer e cultura”, concluiu.

Turismo

Wagner abordou a importância do turismo como um motor de desenvolvimento econômico para São José dos Campos. Ele destacou que a cidade possui um grande potencial turístico, que pode ser explorado para atrair visitantes e gerar renda. “O turismo é uma excelente oportunidade para promover o desenvolvimento econômico e cultural de São José dos Campos”, afirmou.

Uma das propostas de Wagner é a criação de roteiros turísticos que valorizem as atrações naturais, históricas e culturais da cidade. Ele mencionou a importância de investir em infraestrutura turística, como hotéis, restaurantes e centros de informações, para oferecer uma experiência de qualidade aos visitantes. “Vamos trabalhar para colocar São José dos Campos no mapa do turismo brasileiro”, disse.

Além disso, Wagner propôs a realização de eventos e festivais que atraiam turistas e movimentem a economia local. Ele destacou que a promoção de eventos culturais, esportivos e gastronômicos pode fortalecer a identidade da cidade e atrair visitantes de outras regiões. “Vamos transformar São José dos Campos em um destino turístico vibrante e acolhedor”, concluiu.

Inclusão Social

Wagner enfatizou a importância da inclusão social como um dos principais objetivos de sua administração. Ele destacou que é fundamental garantir que todos os cidadãos tenham acesso aos serviços públicos e às oportunidades de desenvolvimento. “Uma cidade inclusiva é uma cidade onde todos têm voz e vez”, afirmou.

Uma das propostas de Wagner é a criação de programas de apoio às famílias em situação de vulnerabilidade, oferecendo assistência social, capacitação profissional e acesso a serviços de saúde e educação. Ele mencionou a importância de políticas públicas que promovam a igualdade de oportunidades e a redução das desigualdades sociais. “Vamos trabalhar para que ninguém fique para trás em São José dos Campos”, disse.

Wagner também destacou a importância de promover a participação cidadã na gestão pública, criando canais de diálogo e mecanismos de consulta popular. Ele propôs a realização de audiências públicas e a criação de conselhos comunitários para envolver a população nas decisões que afetam a cidade. “A participação ativa dos cidadãos é fundamental para a construção de uma cidade mais justa e democrática”, concluiu.

Servidor Público: Valorização e Reformas Necessárias

Wagner Balieiro abordou a situação dos servidores públicos em São José dos Campos, destacando a necessidade de valorização e de reformas justas. Ele criticou a atual política de desconto de 14% nos salários dos servidores aposentados, considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal. Wagner se comprometeu a revisar essa alíquota, afirmando que ela penaliza injustamente os aposentados. “Vamos acabar com esse desconto desumano e buscar alternativas para garantir a sustentabilidade do Instituto de Previdência”, afirmou.

Wagner ressaltou que os problemas financeiros do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais não são culpa dos trabalhadores, mas sim de gestões anteriores que reduziram as contribuições patronais, gerando um déficit significativo. Ele propôs aumentar as fontes de receita do Instituto e garantir que a administração municipal contribua adequadamente para a previdência dos servidores. “Precisamos corrigir os erros do passado e garantir que os servidores tenham uma aposentadoria digna e sustentável”, disse Wagner.

Além de resolver a questão previdenciária, Wagner enfatizou a importância de valorizar os servidores ativos, oferecendo melhores condições de trabalho, oportunidades de capacitação e um plano de carreira justo. Ele destacou que servidores motivados e bem preparados são essenciais para uma administração pública eficiente e eficaz. “Os servidores são a espinha dorsal da administração pública. Vamos investir na formação e na valorização dos nossos profissionais para melhorar o serviço público e atender melhor à população”, concluiu Wagner.

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado sobre as notícias de turismo. Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp. Aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo. 

Siga nosso Instagram