VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Reportagem explica recebimento de auxílio emergencial por vereadores em Caçapava

Reportagem explica recebimento de auxílio emergencial por vereadores em Caçapava
Foto: Agência Brasil

Reportagem explica recebimento de auxílio emergencial por vereadores em Caçapava. Não se fala em outra coisa no bastidor político da cidade, nos últimos dias, que não seja o recebimento do auxílio emergencial pelos vereadores Yan Lopes (PSC), Waldemir da Silva (MDB) e Rodrigo Meireles (PSD).

Pelo portal da transparência é possível verificar que os vereadores receberam o auxílio no ano de 2020, quando ainda não estavam no exercício do cargo. Yan Lopes, que foi eleito o vereador mais jovem da cidade nas últimas eleições recebeu nove parcelas, sendo cinco no valor de R$ 600,00 e quatro de R$ 300,00, totalizando R$ 4.200,00. O vereador, no entanto, disse que duas parcelas de R$ 300,00 foram estornadas. Veja o extrato abaixo:

Reportagem explica recebimento de auxílio emergencial por vereadores em Caçapava

Lopes disse a reportagem que recebeu as parcelas na metade do ano passado, quando era estudante e tinha uma MEI (Microempreendedor Individual). “Ao ser eleito cancelei meu benefício e fechei minha MEI. Essas últimas, novembro e dezembro foram estornadas”, disse a reportagem do Vale 360 News.

“Essas últimas, novembro e dezembro foram estornadas”, contou o vereador.

Já o vereador Rodrigo Meireles recebeu, de acordo com dados do Portal da Transparência, R$ 3.000,00 no ano de 2020. Foram cinco parcelas de R$ 600,00 entre maio e outubro de 2020. Pelas redes sociais neste domingo (17/10), Meireles confirmou o recebimento: “Recebi mesmo e se fosse alguma coisa ilegal teria devolvido o dinheiro”, disse em um trecho do vídeo, que você confere abaixo.

O vereador, pelo de acordo com o perfil do Facebook, desde 2018 exerce a atividade de diretor de atendimento na empresa Icasa Consultoria e Negócios Imobiliários.

Reportagem explica recebimento de auxílio emergencial por vereadores em Caçapava

Ainda durante o vídeo, o vereador disse que o “povo é chato e não tem o que fazer”. É um dinheiro que voltou para mim, dos impostos que a gente paga”. Meireles ainda disse que não é somente ele e Yan que receberam o benefício: “tem vereador que recebeu até dezembro do ano passado”. Nós enviamos mensagens para o vereador, mas até a publicação desta reportagem não tivemos retorno.

Veja o vídeo no qual Meireles fala sobre o recebimento do auxílio emergencial.

De fato, o vereador tem razão. Pela nossa consulta ao banco de dados do portal da transparência, da atual legislatura (2021-2024), o vereador Waldemir da Silva, o Valeu Valeu, também recebeu o auxílio emergencial em 2020. O vereador pelo MDB recebeu R$ 4.200,00.

Reportagem explica recebimento de auxílio emergencial por vereadores em Caçapava

Nós tentamos contato com Valeu Valeu, mas até o fim desta reportagem não conseguimos falar com ele.

Os atuais vereadores, Robson Paiva e Maicon Goiembiesqui também receberam o auxílio emergencial. O professor Maicon recebeu duas parcelas. Maicon ressaltou à reportagem do Vale 360 News que recebeu em um contexto em que não era vereador, porém não quis dar mais detalhes.

Já Robson Paiva recebeu sete parcelas. Nós aguardamos o posicionamento de Robson Paiva e Valeu Valeu.

O benefício

As pessoas que fazem parte do cadastro de Microempreendedores Individuais (MEI), os contribuintes individuais do INSS, autônomos e trabalhadores informais que não recebem nenhum outro benefício do Governo Federal (com exceção do Bolsa Família) estão aptos a receber o benefício. Além disso, ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família. ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300) ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550).

*Matéria atualizada às 19h12

Assassinato de homem, de 50 anos, intriga a Polícia em Lorena

 

 

 

 

Advertisement