VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Ubatuba confirma o primeiro caso de gripe aviária na região

Advertisement

Ubatuba confirma o primeiro caso de gripe aviária na região. O caso foi registrado em uma ave conhecida como trinta-réis-real (Thalasseus maximus). A notificação foi confirmada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, nesta segunda-feira (05/06).

Com a confirmação do caso no Litoral Norte de São Paulo há 24 notificações da gripe aviária (H5N1) no Brasil. Este foi o primeiro caso no Estado de São Paulo. Todos os casos envolvem espécies de aves silvestres, aquelas que vivem livres na natureza. Não há focos de gripe aviária em aves de granja, ou seja, voltadas para a alimentação.

O Ministério da Agricultura e Pecuária informa no comunicado que o consumo de carne e ovos se mantém totalmente seguro no país. A orientação é que as pessoas evitem contato com aves que estejam doentes ou mortas. Não se deve tocar e nem recolher aves doentes. Caso encontre alguma na sua região, acione o serviço veterinário local mais próximo.

O que é a gripe aviária

A gripe aviária, também conhecida como influenza aviária ou gripe das aves, é uma doença viral que afeta principalmente aves, incluindo aves domésticas e selvagens. A doença é causada por diferentes subtipos do vírus influenza A, que podem ser classificados como de baixa patogenicidade (BA) ou alta patogenicidade (HA), dependendo de sua capacidade de causar doenças graves em aves.

A gripe aviária é uma doença altamente contagiosa entre as aves e pode ter efeitos devastadores em populações de aves domésticas, levando a surtos em fazendas avícolas. Além disso, algumas cepas do vírus podem infectar seres humanos e causar doença grave. A transmissão para humanos geralmente ocorre pelo contato direto com aves infectadas ou ambientes contaminados por seus excrementos.

Os sintomas da gripe aviária em aves podem variar, mas geralmente incluem sinais como queda na produção de ovos, letargia, falta de apetite, diarreia, dificuldade respiratória e morte súbita. Em humanos, os sintomas podem ser semelhantes aos da gripe comum, como febre, tosse, dor de garganta, dor muscular e mal-estar geral. No entanto, em casos mais graves, a gripe aviária pode levar a complicações respiratórias graves e até mesmo à morte.

É importante ressaltar que a gripe aviária é rara em humanos e não ocorre facilmente entre pessoas. No entanto, devido à preocupação com a possibilidade de mutações do vírus e o surgimento de novos subtipos, os surtos de gripe aviária são monitorados de perto pelas autoridades de saúde em todo o mundo. A detecção precoce, a quarentena de aves infectadas e a adoção de medidas de biossegurança são fundamentais para prevenir a disseminação da doença tanto entre as aves quanto entre os seres humanos.

Foto de Capa: Equipe PNLP

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.