VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Advogado vai pedir internação compulsória de homem que tentou matar mulher em Caçapava

Advogado vai pedir internação compulsória de homem que tentou matar mulher em Caçapava. A tentativa de feminicídio aconteceu no começo da madrugada de terça-feira (18/04), quando Gustavo Eduardo Barbosa Carvalho, de 23 anos, agrediu a companheira, de 22, até ela ficar desacordada. Ele ainda a pegou no colo e a levou até a rua, no Jardim Rafael. No local, ele arrastou a vítima até o meio da rua e ela só não foi atropelada por um ônibus porque o motorista percebeu que algo anormal acontecia na via.

A reportagem apurou que o homem tem uma série de problemas com a Justiça e já foi preso em diversas ocasiões. Ele havia saído da prisão há cerca de 20 dias e estava preso por causa de roubo. Carvalho ainda responde a diversos processos, um deles por ter destruído uma ala inteira do Hospital Regional de Taubaté, quando teve uma crise de abstinência por causa de drogas. Ele responde este crime em liberdade e o julgamento deve acontecer em breve.

Sobre a tentativa de feminicídio em Caçapava, a reportagem conversou com o advogado Hélio Barbosa, que defende o autor e ele nos contou que vai pleitear à Justiça a internação compulsória do cliente, pois é a única maneira de Gustavo ser tratado. A Internação em clínicas particulares não vai ser aceita pela Justiça, admite o advogado. O crime de feminicídio prevê pena de 20 a 30 anos, caso o réu seja condenado e trata-se de um crime hediondo.

“Tem as filmagens e não há como negar que ele não tenha praticado este crime. Eu acredito que uma pena corporal não vai resolver o problema, porque tem abstinência de droga, ele usa droga pesada, que é o crack. Ele já tem outros problemas devido ao mesmo tipo de droga que usa. O que resolveria, parcialmente o caso, é a internação compulsória (obrigatória), determinada por um juiz, em um estabelecimento prisional, aonde ele poderia ser tratado e acompanhado por médicos e especialistas na área, porque se ele for para uma penitenciária, não vai ter nenhum tipo de tratamento e quando colocado em liberdade, ele vai procurar a droga novamente”, disse Hélio Barbosa.

O advogado disse ainda que o cliente deve ser julgado, mas levado em caso de condenação ao lugar adequado, que seria o estabelecimento de internação. O advogado, Hélio Barbosa, lembra que a Casa de Custódia de Taubaté seria o local adequado para a internação do cliente. “Neste caso, o meu cliente depende da droga e ele faz qualquer coisa para consegui-la”.

No dia do crime

Os policiais militares o prenderam em flagrante. Os policiais militares informaram ainda que encontraram ao lado da mãe, o filho, de 04 anos, que chorava muito. A mulher foi socorrida para o Pronto-Socorro da Fusam, pelo SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência). A jovem está internada, com machucados no rosto, mas com quadro de saúde estável.

As imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o homem estava na calçada e pega a vítima desacordada no colo. Ele a leva para a rua, mas não aguenta com o peso do corpo e solta a mulher na via. Na sequência, o indiciado a arrasta pela rua não se importando com a aproximação de um ônibus, que é obrigado a frear para não atropelá-la.

Tentativa de feminicídio e violência doméstica agitam plantão policial em Caçapava

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo. 

Advertisement