"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Casal de empresários perde milhares de Reais em joias em ouro, diamante e outras pedras preciosas em “arrastão” a salas comerciais em São José dos Campos

Advertisement

Priscila Defendi, empresária, relato nas redes sociais o furto ocorrido nas salas comerciais, de prédio em São José dos Campos, onde ela e marido tiveram as lojas invadidas e diversos itens de valor subtraídos. O casal perdeu joias em ouro, diamante e outras pedras preciosas, além de equipamentos e outros pertences. O prejuízo chega a milhares de reais, uma vez que o trabalho dos dois consiste em joias personalizadas. Os clientes são pessoas de alto poder aquisitivo, MCs e personalidades do mundo artístico. CLIQUE AQUI E ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP E RECEBA AS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO

Em um desabafo, Priscila expressou sua tristeza e indignação com a situação: “Pessoa vem e entra na sua sala, do seu esposo e leva tudo, gente. Ele levou tudo, vocês têm noção? É triste, dói porque assim a gente constrói. Meu marido é trabalhador, esforçado, a gente veio do nada, lá de baixo, sem nada, a gente morava no porão e construiu tudo isso para a pessoa entrar na nossa sala, quebrar as portas, entrar e levar tudo da sala do meu esposo e da minha sala. Então, gente, é triste, muito triste, você ver um vagabundo fazendo isso com as suas coisas”.

Priscila continuou relatando o impacto emocional que o crime causou: “É difícil até de acreditar, porque você não sabe por onde começar. Eu tô assim de um jeito que hoje eu fiquei péssima. Eu não tinha chorado ontem, hoje já chorei porque não aguentei. O cara levou tudo que eu construí em uma sacola de lixo. E aí você fica pensando, mas eu sei que Deus vai me dar em dobro, eu tenho certeza. Eu vou correr atrás, vou trabalhar muito e vou conseguir tudo de novo, gente. Ele levou tudo”.

A empresária detalhou a forma como o criminoso agiu e o que foi levado: “Levou joias, tudo que eu construí. Ele abriu as gavetas, levou tudo. Eu não queria nem falar aqui porque eu não quero chorar. Entraram pela sala das pessoas, invadiram várias salas aqui no meu prédio, roubaram muita gente. Um cara só levou até cesta básica. Levou muita coisa”.

Priscila também comentou sobre a segurança no local após o furto: “Estou na loja agora, nesse horário, e fiquei pensando se eu ia postar ou não para vocês. Mas eu tenho tantos clientes, tantas pessoas aqui no meu Instagram que eu tenho que dar uma resposta. Eu não queria expor, mas dói, dói muito. Ontem, eu não chorei, eu estava bem, falei que a gente vai recuperar, vai dar certo. Eu sou trabalhadora, meu esposo também, a gente vai correr atrás e eu vou recuperar esse valor”.

O relato de Priscila revela a frustração e o desespero de quem vê o fruto de anos de trabalho ser levado de forma tão abrupta e violenta. A empresária finalizou sua mensagem com um tom de esperança, afirmando que irá recomeçar: “Eu vou começar do zero como se nada tivesse acontecido. Uma vez, eu comecei aqui sem nada, com uma mesa de bar. Agora é a hora de eu começar tudo de novo”.

Entenda o que aconteceu nas reportagens abaixo.

Vítimas buscam respostas para “arrastão” milionário em prédio comercial de São José dos Campos

Vigilante “faz limpa” em salas comerciais de edifício no centro de São José dos Campos

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado sobre as notícias de turismo. Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp. Aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo. 

Siga nosso Instagram