VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Munícipe é ameaçado por Secretário de Anderson Farias em prédio da Prefeitura e registra boletim de ocorrência

Munícipe é ameaçado por Secretário de Anderson Farias em prédio da Prefeitura e registra boletim de ocorrência. As ameaças aconteceram durante entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, no sétimo andar do Paço Municipal, onde fica o Gabinete do Prefeito. As imagens foram flagradas pela reportagem do Vale 360 News e podem ser assistidas abaixo. CLIQUE AQUI E ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

Em dado momento da coletiva, o empresário Eduardo Sivinski questiona a Secretária da Saúde, Margarete Correia, a respeito do por que encerrar o contrato com o INCS (Instituto Nacional de Ciências Sociais) se não há corrupção? O INCS administra ao todo oito UPA’s (Unidades de Pronto Atendimento) e UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) em São José dos Campos e foi alvo de operação do Ministério Público e da Polícia Federal, no mês passado, em Sorocaba, onde está sediada.  A PF e MP apuram denúncias de fraude a licitação, desvio de finalidade na aplicação de recursos, ocultação de patrimônio com utilização de “laranjas” e lavagem de dinheiro durante a execução de contrato firmado entre o INCS e a Prefeitura de Sorocaba.

Quando questionava Margarete Correia, Sivinski é abordado por Fábio Pasquini, Secretário de Gestão Habitacional e Obras. Na abordagem se desenrola um diálogo no qual é possível ver Pasquini com dedo em riste em direção a Sivinski. O secretário diz algo relacionado à prefeitura (inaudível) e o empresário rebate instantaneamente dizendo que a “casa (prefeitura) é nossa (do munícipe). O diálogo se estende e Pasquini pede para Sivinski falar baixo.

“Falta dipirona na rede pública de saúde, mas o contrato não é sustentável?”, pergunta o empresário. Pasquini responde: “Fala baixo, seja educado, a casa é nossa”. A ameaça vem na sequência por parte do secretário de Anderson Farias: “Lá fora a gente se encontra”. Sivinski retruca: “Está me ameaçando?”

Por fim, Pasquini diz que vai pagar “um café para você…e você já me ameaçou”.

Ao sair da Prefeitura, Sivinski se dirigiu ao 1º Distrito Policial para lavrar um boletim de ocorrência por ameaça. Ele está ciente que se quiser representar contra Pasquini deve fazê-lo dentro de seis meses.

A assessoria de imprensa da Prefeitura foi procurada para se manifestar, mas até o momento não retornou as demandas da reportagem.

VÍDEO: Encerramento de contrato da Prefeitura com OS gera questionamentos de munícipe e discussão com Prefeito de SJC

Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.

 

Advertisement