VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Violência doméstica em Taubaté revela casos chocantes nas últimas noites. Um deles envolve estupro e incesto

Advertisement

A violência doméstica se configura como um problema grave e de grande alcance na sociedade brasileira. Em Taubaté, três casos entre a madrugada de quarta e desta sexta-feira (16/02) evidenciam a necessidade de medidas de combate e apoio às vítimas. CLIQUE AQUI E ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

O caso que mais greve envolve incesto, estupro e dopagem da vítima pelo próprio pai. O pai, de 41 anos, foi preso em flagrante na madrugada de quarta-feira (14/02) por violência doméstica contra a própria filha de 22 anos. A vítima relatou ter sido agredida e dopada pelo pai, com quem, segundo ela, mantém relações sexuais e convive como um casal. As informações são do Jornal OVale.

A jovem, que não teve a identidade revelada, disse que o pai a agrediu com socos e chutes durante a madrugada. Ela também afirmou que ele a dopou com clonazepam, um medicamento para ansiedade e depressão.

Após a agressão, a vítima conseguiu escapar do apartamento e pedir ajuda a um vizinho. A polícia foi acionada e o homem foi preso em flagrante.

De acordo com a investigação, o homem e a filha mantêm relações sexuais há cerca de um ano. A suspeita é de que ele a comprava em troca de sexo e teria dado apartamento, faculdade, carro e facilidades para tê-la com exclusividade. Ele também a teria ameaçado de morte caso ela contasse a alguém sobre o relacionamento.

A vítima disse que ele possuí uma arma, que foi encontrada pela PM. Além da arma, a polícia apreendeu um auxiliador de carregamento, acessórios para limpeza da pistola, uma caixa para pistola Glock, três carregadores e 47 cartuchos 9 mm. Segundo os agentes, o homem possui registro como CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador).

A vítima foi levada para o hospital, onde recebeu atendimento médico e psicológico. Ela também foi encaminhada para a Delegacia de Defesa da Mulher de Taubaté, onde prestou depoimento.

Em depoimento, o homem disse que encontrou quatro pinos de droga com a sua filha e que a agrediu para contê-la e pegar os entorpecentes, que depois foram jogados na privada.

O homem foi autuado por violência doméstica, estupro de vulnerável e ameaça. Depois da audiência de custódia, ele foi preso preventivamente e encaminhado para o presídio de Pinheiros, em São Paulo, onde ficam presas as pessoas suspeitas de cometer crimes graves relacionados à importunação sexual.

O que é clonazepam?

Clonazepam é o nome genérico de um medicamento pertencente à classe das benzodiazepinas. É frequentemente comercializado sob o nome comercial Klonopin, entre outros. O clonazepam é usado principalmente no tratamento de transtornos de ansiedade, distúrbios do sono, convulsões e certos tipos de transtornos convulsivos, como a epilepsia.

Ele funciona agindo sobre os neurotransmissores no cérebro para produzir um efeito calmante e sedativo. Como muitos medicamentos dessa classe, o clonazepam pode ser eficaz, mas também pode causar dependência e tem potencial para abuso se usado de maneira inadequada ou por longos períodos. Portanto, é geralmente prescrito com cautela e monitoramento médico.

Violência Doméstica em Taubaté: Descumprimento de medida protetiva 01

Em um dos casos de descumprimento de medida protetiva, a Guarda Municipal de Taubaté atendeu a um chamado no bairro Belo Horizonte na madrugada de sexta-feira (16). A vítima, de 57 anos, acionou a corporação após o marido, de 48 anos, descumprir a medida protetiva. Ele ainda tentou pular o muro da casa para a via pública para tentar escapar da prisão.

A mulher relatou que já fora vítima de violência doméstica em outras ocasiões. Um boletim de ocorrência por lesão corporal em desfavor do esposo já havia sido lavrado na Delegacia da Mulher de Taubaté. Na ocasião, ele agrediu a esposa, que não havia ainda se submetido ao exame de Corpo Delito no IML (Instituto Médico Legal) e para o qual foi encaminhada.

O homem foi levado para a delegacia e recebeu voz de prisão do delegado.

Violência Doméstica em Taubaté: Descumprimento de medida protetiva 02

No outro caso de descumprimento, a Polícia Militar atendeu a um chamado de violência doméstica no bairro Areão também na madrugada de sexta-feira (16). A vítima, de 65 anos, relatou que seu filho, de 34, havia entrado em sua casa, mesmo havendo uma medida protetiva em vigor. Ela já havia sido preso em agosto de 2023 e havia três queixas da vítima contra ele na Delegacia da Mulher de Taubaté.

A Polícia Militar chegou ao local e encontrou o homem dentro da casa. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Taubaté.

Em ambos os casos de descumprimento de medida protetiva, os agressores foram autuados por descumprimento de medida protetiva e violência doméstica. Eles ficaram à disposição da Justiça Cadeia Pública de Taubaté.

A violência doméstica é um problema grave que precisa ser combatido com medidas de prevenção, punição dos agressores e apoio às vítimas. É importante que as mulheres que sofrem qualquer tipo de violência saibam que não estão sozinhas e que existem mecanismos de proteção e amparo disponíveis.

Violência Doméstica: Onde buscar ajuda?

  • Delegacia de Defesa da Mulher de Taubaté: Travessa Roque Antônio Bonafé
  • Telefone: (12) 3624-2277
  • Disque 180: Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência
  • Polícia Militar: 190

Ajude a divulgar:

  • Compartilhe esta notícia com seus amigos e familiares
  • Converse sobre o tema da violência doméstica
  • Denuncie qualquer caso de violência que você presencie

Juntos, podemos construir uma sociedade mais justa e livre de violência contra a mulher.

#violênciadoméstica #taubaté #justiçaparaasmulheres #nãosecale

*Foto de Capa: Marcos Santos/USP

Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu WhatsApp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.

Advertisement