"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Adolescente, de 13 anos, queria matar colegas da Escola Moura Resende, em Caçapava, por causa de Bullying

Advertisement

Adolescente, de 13 anos, queria matar colegas da Escola Moura Resende, em Caçapava, por causa de Bullying. Ele confessou na delegacia que usaria uma faca e depois se mataria. O plano de adolescentes para cometer atos homicidas foi revelado em primeira mão pelo Vale 360 News, no fim da tarde do domingo (12/03), depois de uma operação da Delegacia de Crimes Cibernéticos (DCCIBER) do DEIC (Departamento Especializado de Investigações Criminais) de São Paulo, que desarticulou os ataques em Caçapava e São José dos Campos.

O adolescente de Caçapava foi encontrado pela Vila Naly, com o apoio de policiais da delegacia da cidade. Inicialmente, eles o procuraram na casa da mãe, pela Vila Antônio Augusto, mas não o encontraram, porém no imóvel os policiais acharam uma mochila usada por ele e dentro dela havia uma faca, uma bandana e um caderno com várias anotações de situações que se supõem
tratar de massacres escolares. A mãe foi questionada a respeito da localização do filho e indicou que o menino estava na casa do pai, na Vila Naly.

O adolescente foi encontrado no endereço do pai e na companhia da mãe, na delegacia, de acordo com o boletim de ocorrência, reconheceu os perfis usados nas redes sociais, através do telefone celular da genitora. Ele reconheceu que as conversas exibidas e que foram apresentadas nos autos eram dele e que de fato pensava em cometer atos homicidas na escola Moura Resende, onde estudou até 2022, porque era alvo de bullying e queria se vingar de colegas que o “provocavam”. A ideia, segundo relevou, era cometer os atos em 18 de março próximo, porém pensou em mudar o dia, uma vez que a data seria a do aniversário dele e a mãe ficaria triste por isso. Na delegacia, ainda, foi questionado do motivo de querer atentar contra sua vida e de outras pessoas e disse que toda vez que se lembra do “bullying” que sofreu tem esse sentimento (de vingança).

Polícia faz operação e descobre planos de adolescentes para matar alunos em escolas de São José dos Campos e de Caçapava

Apoiador

O adolescente ressaltou que conversava com uma outra pessoa, um homem, pela internet para lhe apoiar e ajudar a fazer o ataque na escola. E que tal homem, chegou a lhe mandar fotos e vídeos cometendo maus-tratos a animais, especificamente lhe mandou um link, no qual cortava a cabeça de um gato. O adolescente questionou o homem a respeito do motivo dele matar animais, e ele lhe disse achar legal e que fazia aquilo para saciar a vontade de matar os amigos no colégio.

Os objetos encontrados

A faca seria usada para matar os amigos e depois se matar. A bandana era usada para tirar fotos e colocar nas redes sociais. A bandana não seria utilizada no crime. Ele ressaltou que cometeria o crime com rosto descoberto. O caderno tinha desenhos e frases alusivos a ataques e era utilizado para que as pessoas soubessem, depois dos atos, que o crime havia sido planejado.

Liberado e em tratamento

O menor foi ouvido na delegacia e liberado. A mãe foi orientada a genitora a procurar ajuda médica profissional para o adolescente e informou que já o fez, ressaltando que o filho está fazendo tratamento com psicólogo. As investigações prosseguirão pela DCCIBER/DEIC de São Paulo Capital. A operação na manhã deste domingo aconteceu em cumprimento ao mandado de busca e apreensão decorrente dos autos de um processo que corre na Vara da Infância e da Juventude, da Comarca de Taubaté, que apura a conduta de ataques a escolas da cidade de Caçapava e região.

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre na nossa comunidade. 

ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS DE CAÇAPAVA. É GRÁTIS!

SIGA NOSSO INSTAGRAM

Leia mais