VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Casa Noturna é interditada pela Prefeitura de São José dos Campos. SSP diz que jovem morto pela PM era procurado por tráfico de drogas

Advertisement

Casa Noturna é interditada pela Prefeitura de São José dos Campos. SSP diz que jovem morto pela PM era procurado por tráfico de drogas. O crime que aconteceu no fim da madrugada desta sexta-feira (14/07), pela Avenida João Guilhermino, região central da cidade. Esta é a segunda morte na avenida desde fevereiro.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) informou que o jovem, de 19 anos, resistiu ao ser abordado. Durante a abordagem, os PMs dispararam 18 vezes, sendo 14 tiros efetuados por um agente e quatro por outro. No boletim de ocorrência da PM, os agentes relatam que o homem fugiu da abordagem, colocou a mão na cintura e quando ele fez este movimento, os policiais atiraram, porque viram uma pistola na cintura do suspeito. Depois do crime, foi constatado que o jovem era procurado por tráfico de drogas.

PMs dispararam 18 tiros contra homem, que morreu no centro de São José dos Campos

As armas envolvidas no crime foram apreendidas e o caso foi registrado como morte decorrente de intervenção policial. A PM acompanha as apurações. Abaixo segue a nota da SSP sobre o caso

“Policiais militares foram informados de que o homem estaria armado. No endereço indicado, ele foi abordado e resistiu. A PM interveio.  O resgate foi acionado, mas o homem veio a óbito. Posteriormente, foi constatado que o rapaz era procurado pela Justiça pelo crime de tráfico de drogas. As armas envolvidas na ação foram apreendidas. A perícia foi acionada e o caso, registrado como morte decorrente de intervenção policial na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de São José dos Campos. A PM acompanha as apurações”.

Ação da Prefeitura

A Prefeitura, por sua vez, decidiu interditar a casa noturna. O Departamento de Fiscalização e Posturas disse que verificou o registro de reclamações de moradores por perturbação do sossego em razão do funcionamento do estabelecimento e foi constatado que o funcionamento da casa noturna causa e favorece irregularidades, como a infração à lei municipal de perturbação do sossego público e desvio de finalidade de suas atividades cadastradas.

Em fevereiro, um homem foi morto dentro da casa noturna. Já no dia 23 de junho, um homem foi baleado durante um confronto com a PM, mas sobreviveu.

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.