"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Defesa de motorista do Volvo que matou motociclista na Rodovia dos Tamoios em São José dos Campos diz que cliente foi alvo de tentativa de abordagem por outras duas motos

Advertisement

Defesa de motorista do Volvo que matou motociclista na Rodovia dos Tamoios em São José dos Campos diz que cliente foi alvo de tentativa de abordagem por outras duas motos  e, por isso, empreendeu fuga, culminando na morte do motociclista Cristiano Teixeira Oliveira. O caso é complexo e envolve alegações do que seria uma tentativa de abordagem criminosa, segundo o advogado Rodrigo Coelho da Cunha. CLIQUE AQUI E ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

No dia 27 de abril de 2024, por volta das 01h50, um grave acidente aconteceu pela Rodovia dos Tamoios. O motorista de um Volvo, ao tentar escapar de uma suposta abordagem criminosa por duas motocicletas, acabou colidindo com a moto de Cristiano, que não sobreviveu ao impacto.

A defesa alega que o motorista do Volvo foi forçado a uma reação drástica para preservar sua vida, o que, infelizmente, resultou em uma fatalidade, e que será investigado pela Polícia Civil.

O que a Defesa de motorista do Volvo

  1. Contexto do Acidente:
    • O motorista do Volvo estava a caminho de casa quando notou a aproximação agressiva de duas motocicletas. Uma das motos teria feito sinalizações ameaçadoras enquanto a outra entrava na contramão, direcionando-se ao seu veículo.
  2. Reação do Motorista:
    • Diante do medo de uma abordagem criminosa, o motorista acelerou na tentativa de escapar, levando ao trágico acidente que resultou na morte de Cristiano Teixeira Oliveira. A colisão foi tão forte que a moto acabou ficando presa ao para-choque do Volvo.
  3. Ações Pós-acidente:
    • Após o impacto, sem perceber que havia uma vítima fatal, o motorista continuou sua fuga até um bairro próximo em busca de ajuda. Durante o trajeto, ele efetuou disparos para o alto com a intenção de afastar os supostos criminosos.
    • O motorista informa que se apresentou espontaneamente à autoridade policial, que está colaborando para a elucidação dos fatos e que lamenta profundamente a morte de Cristiano Teixeira, solidarizando-se com a família da vítima e colocando-se à disposição para dar todo o suporte que for necessário.
    • A defesa do motorista diz que ele nunca respondeu a nenhum processo criminal, não faz uso de bebidas alcoólicas ou de drogas e pede para que sua vida pessoal não seja exposta, pois está recebendo ameaças após a ampla divulgação do caso pela imprensa, temendo pela vida de sua esposa e filho.

Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.