"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Indicadores de criminalidade em São José dos Campos disparam nos últimos 14 meses

Advertisement

Indicadores de criminalidade em São José dos Campos disparam nos últimos 14 meses. Os números são da SSP (Secretaria de Segurança Pública) e podem ser acessados aqui. O período levantado é o da gestão Anderson Farias, 14 meses até junho de 2023. Ele assumiu a Prefeitura em abril de 2022. A comparação é com os 14 meses anteriores, gestão Felício Ramuth, que renunciou à Prefeitura para assumir o cargo de Vice-Governador em São Paulo. Houve uma deterioração nos principais índices de criminalidade.

Há aumento de 3,5% nos homicídios, 25% em latrocínios, 9,3% em tentativa de homicídio, 37% em estupros totais,  54% furto de veículos e diminuição no número de roubo de veículos em 21%. A sensação de insegurança é notada pela população na região central da cidade, onde há uma mini “cracolândia” e os furtos a estabelecimentos comerciais são flagrados por câmeras de segurança quase toda semana. Homicídios na periferia, onde não câmeras inteligentes e nas baladas do centro chamam a atenção.

O aumento da criminalidade na cidade acontece em um momento em que existem investimentos em novos equipamentos de tecnologia, armas, carros, a convocação de novos agentes da GCM e o ex-prefeito se tornou vice-governador, afinal de contas a segurança é uma responsabilidade do Governo Estadual. Até o momento, não houve contrapartida por parte do Governo Estadual com uma política de segurança pública voltada para São José dos Campos. Pelo contrário, o que se viu foi a importação de pessoas da cracolândia para tratamento na cidade e um deslocamento anormal de moradores de rua de São Paulo rumo a São José dos Campos e outras cidades do Vale do Paraíba.

Compare os números *

 Homicídios
14 meses Governo Anderson Farias – 59 homicídios (abril de 2022/Junho de 2023)
14 meses anteriores – Governo Felício – 57 homicídios (janeiro de 2021/março de 2022)
Aumento percentual: 3,5%

Tentativa de homicídio

14 meses Governo Anderson Farias – 70 tentativas de homicídio (abril de 2022/Junho de 2023)
14 meses anteriores – Governo Felício – 64 tentativas de homicídio (janeiro de 2021/março de 2022)
Aumento percentual: 9,3%
Latrocínio
14 meses Governo Anderson Farias – 4 latrocínios (abril de 2022/Junho de 2023)
14 meses anteriores – Governo Felício – 3 latrocínios (janeiro de 2021/março de 2022)
Aumento percentual: 25%
Estrupo total
14 meses Governo Anderson Farias – 190 estupros (abril de 2022/Junho de 2023)
14 meses anteriores – Governo Felício – 138 estupros (janeiro de 2021/março de 2022)
Aumento percentual: 37%
Roubo de veículos
14 meses Governo Anderson Farias – 280 roubo de veículos (abril de 2022/Junho de 2023)
14 meses anteriores – Governo Felício – 352 roubo de veículos (janeiro de 2021/março de 2022)
Diminuição percentual: 21%
Furto de veículos
14 meses Governo Anderson Farias – 1.675 furto de veículos (abril de 2022/Junho de 2023)
14 meses anteriores – Governo Felício – 1.083 furto de veículos (janeiro de 2021/março de 2022)

Aumento percentual: 54%

Outro Lado

A Prefeitura de São José dos Campos se manifestou por meio de nota, a qual é reproduzida na íntegra abaixo.

“A Prefeitura de São José dos Campos informa que trabalha diariamente no combate à criminalidade em conjunto com todas as forças de segurança que atuam na cidade, por meio do Programa São José Unida, instituído em 2017.

Na comparação entre os períodos de janeiro de 2021 a março de 2022 com abril de 2022 a junho de 2023 houve redução de 22,5% no número de roubos de veículos (351 contra 272) e de 11,4% nos roubos em geral (1.987 diante de 1.761), segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública).

Além disso, no mesmo período de comparação, com apoio do CSI (Centro de Segurança e Inteligência), mantido pela Prefeitura, as forças de segurança capturaram 11,2% a mais de procurados pela Justiça (3.235 contra 3.597). Também foram apreendidas 4,9% a mais de armas de fogo (1.092 diante de 1.145), e houve aumento de 7,9% do número de pessoas detidas (8.878 contra 9.581).

No que diz respeito a apreensão de drogas teve um aumento de 75,6% (123 contra 216)”.

Também fizemos contato com a Secretaria de Segurança Pública para saber quais são os motivos do aumento da criminalidade e o que será feito para reduzir a sensação de insegurança no município por parte do Governo Estadual, responsável pela segurança pública. Assim que houver algum posicionamento das partes, a matéria será atualizada.
*Dados SSP

ASSISTA: Homem esquartejou a mulher por causa de ameaças de que ela teria feito de denunciá-lo à Polícia

*Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.