"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Veja como será a escola estadual que o Governador Tarcísio vai privatizar em São José dos Campos e outras cidades do Estado

Advertisement

O Governo do Estado de São Paulo vai construir, por meio de parceria público-privada (PPP), 33 novas escolas estaduais em 29 cidades, inclusive São José dos Campos, com a expansão do ensino integral e a abertura de 35,1 mil vagas. A autorização da privatização se deu por meio do Governador Tarcísio de Freitas. A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) continuará responsável pela gestão pedagógica das unidades. O projeto arquitetônico, que prevê escolas com 21, 28 e 35 salas de aula, contempla ambientes propícios ao aprendizado e à convivência entre estudantes. O Vale 360 News divulgou os primeiros detalhes nesta quarta-feira (12/06). ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

Nas áreas dedicadas aos alunos, entre as novidades estão os espaços de estudos individuais. Serão cerca de 20 cabines em cada unidade de ensino, destinadas a atividades que exijam silêncio. Todas as escolas também terão salas exclusivas de trabalho para os grêmios estudantis. Assim como nas atuais unidades de ensino da rede estadual, o estudo e leitura terão destaque com as Salas de Leitura, que possuem acesso ao acervo de obras literárias.

O secretário-executivo da Educação, Vinícius Neiva, destaca a preocupação na entrega de ambientes que facilitem a aprendizagem e atendam à inclusão e acessibilidade. “Essas construções estão conceituadas em uma arquitetura que incentiva a aprendizagem. Nessas escolas, teremos mais do que um quadro negro no meio de uma sala. São espaços com a disposição de um mobiliário diferente, que estimula a participação e o protagonismo do estudante. É importante também lembrar que essas salas fomentam a educação inclusiva em escolas completamente acessíveis.”

Para as atividades coletivas e de convivência, os prédios terão anfiteatro (que pode ou não ser a céu aberto), pátio coberto e descoberto, refeitório e quadras poliesportivas cobertas. Para o uso das quadras, os estudantes terão vestiários à disposição. Terrenos com metragem adequada terão, ainda, a implantação de pistas de atletismo, proporcionando mais um espaço para a prática de esportes.

Estrutura das Novas Escolas sob a Gestão do Governador Tarcísio

Espaços de Estudo e Convivência

Cada nova unidade contará com cabines individuais para estudos silenciosos e salas de leitura com acesso a acervos literários. Além disso, haverá salas exclusivas para atividades dos grêmios estudantis, promovendo a participação ativa dos alunos na gestão escolar.

Ambientes Coletivos

Os prédios incluirão anfiteatros, pátios cobertos e descobertos, refeitórios e quadras poliesportivas cobertas. Vestiários estarão disponíveis para os alunos, e algumas escolas também terão pistas de atletismo. A arquitetura visa incentivar tanto o aprendizado quanto a convivência entre os estudantes.

Laboratórios e Inovação nas Escolas do Governador Tarcísio

As novas escolas contarão com laboratórios especializados, ajustados às necessidades de cada unidade, como ensino técnico de enfermagem ou outras áreas específicas. Todos os laboratórios terão equipamentos de informática, fomentando a inovação e o desenvolvimento de projetos científicos.

Exemplo de Sucesso

Ana Elisa Brechane da Silva, estudante da Escola Estadual Professora Maria das Dores Ferreira da Rocha, destacou a importância do laboratório em sua escola para o desenvolvimento do projeto ConnectBreathe, que a levou à Feira Internacional de Ciências e Engenharia nos EUA. Ela ressaltou que o laboratório foi crucial para o sucesso do seu projeto e de muitos outros alunos.

Parceria Público-Privada e o Papel do Governador Tarcísio

Administração e Manutenção

Embora a gestão pedagógica das escolas permaneça com a Secretaria da Educação, as empresas vencedoras dos leilões serão responsáveis pela construção, manutenção, limpeza, manipulação de alimentos e segurança das unidades. Os prédios serão construídos seguindo padrões de acessibilidade e com a supervisão do Corpo de Bombeiros.

Leilão e Investimento

O investimento total previsto é de R$ 2,1 bilhões, divididos em dois lotes. O governador Tarcísio de Freitas autorizou a publicação dos editais, com os leilões previstos para o segundo semestre deste ano. O contrato de concessão terá duração de 25 anos, com a construção das escolas ocorrendo nos primeiros três anos.

O projeto faz parte dos 13 leilões que o Governo de São Paulo realizará até o final de 2024, dentro do Programa de Parcerias de Investimentos do Estado (PPI-SP), que inclui 24 projetos qualificados e uma carteira de mais de R$ 270 bilhões.

Governador Tarcísio autoriza privatizar administração de escolas estaduais, sendo uma em São José dos Campos

Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.

ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS DE SJC. É GRÁTIS!