"

VALE 360 NEWS – NOTÍCIAS DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

As principais notícias do Vale do Paraíba e do Litoral Norte em destaque

Polícia flagra furto de energia elétrica em bairro nobre de Taubaté

Advertisement

Polícia flagra furto de energia elétrica em bairro nobre de Taubaté. Uma operação policial acompanhada de agente da concessionária de energia elétrica aconteceu nesta terça-feira (11/06), em um bar localizado no bairro Independência. A EDP estima que foram furtados até R$ 10 mil em energia. ENTRE NO NOSSO CANAL DO WHATSAPP

No bar, os técnicos da EDP identificaram o desvio da energia e o local na sequência foi periciado pela polícia civil e o caso registrado na delegacia de plantão. Os responsáveis pelo estabelecimento foram ouvidos e liberados e o proprietário deve responder pelo crime de furto de energia, previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro: “Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa”. Além do processo criminal, o proprietário irá arcar, conforme a regra da Resolução ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, com a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

Como é identificado o furto de energia elétrica?

A EDP esclarece que o furto de energia é detectado com a ajuda da tecnologia, por meio de algoritmos de inteligência artificial, padrões de consumo, métodos e ferramentas estatísticas.

Tal mapeamento possibilita direcionar equipes especializadas para inspeções em campo. O time da EDP é treinado para atuar de forma cada vez mais eficaz e ainda conta com um aliado de extrema importância: a tecnologia de última geração.

No ano passado, somente em Taubaté, a EDP recuperou o equivalente a 3.594 MW/h (Megawatt/hora) com as ações de combate às fraudes . Este volume de energia é suficiente para abastecer uma cidade do porte de Roseira por dois meses.

Prejuízos e riscos

A Concessionária de energia elétrica ressalta que o furto de energia traz prejuízos a toda cadeia produtora e consumidora e um dos impactos é a queda na arrecadação de impostos que são coletados por meio da conta de energia e podem beneficiar a sociedade em áreas importantes, como saúde e educação.

Além disso, de acordo com as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a composição do valor da tarifa de energia também leva em conta as perdas elétricas. Desta forma, o custo da energia usada irregularmente pelas pessoas que cometem esse crime é parcialmente repassado a todos os usuários da rede.

Além de ser uma prática perigosa, as fraudes podem provocar sobrecarga na rede elétrica, com prejuízo para a população que sofre com a falta do fornecimento em suas residências e ruas ou, por exemplo, com danos aos equipamentos elétricos e ainda devido à queda na qualidade da energia. A EDP reforça que somente profissionais habilitados podem manusear a rede elétrica, com a técnica e os equipamentos de segurança necessários.

Não perca a oportunidade de ficar bem-informado (a). Ganhe tempo e receba no seu Whatsapp as principais notícias do Vale do Paraíba. É simples, aperte o botão abaixo e entre no nosso grupo.